SEGUIDORES

BEM-VINDOS

CAMINHANDO PARA A LUZ

MUITA PAZ !!!!!

Clique aqui e escolha o seu no Site TonyGifsJavas.com.Br

RÁDIO BOA NOVA. CLIQUE NA IMÁGEM

RÁDIO ESOTÉRICA FM

RÁDIO FM ESÓTERICA


RÁDIO MUNDO MAIOR , O ESPIRITISMO COM VOCÊ

http://www.radiomundomaior.com.br/player.html





CARIDADE

Páginas

CRIATURINHAS DIVINAS !!!!! EU AMO VOCÊS....

Mostrando postagens com marcador Ante a Separação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ante a Separação. Mostrar todas as postagens

1 de junho de 2013

Ante a Separação



Ante a Separação
De todas as experiências que passamos aqui na Terra, a morte dos entes queridos se situa entre as mais difíceis. A dor da perda sempre será muito forte. Isso é inevitável.
A Doutrina Espírita, o Consolador Prometido por Jesus, oferece um conjunto de informações que ajudam a vivenciar esta situação.
Em primeiro lugar, mostra que a morte não mata a vida, não elimina o ser. Com a morte deixamos apenas o envoltório mais grosseiro, o corpo físico. Continuaremos, depois desta experiência, tal qual nos fizemos aqui: pensando, sentindo, agindo e interagindo com os demais seres encarnados e desencarnados.
Na outra dimensão da vida o desencarnado terá a vida, as experiências e as companhias que mereceu, de acordo com as construções edificadas nas múltiplas encarnações, posto que esta não foi a primeira e nem será a última encarnação. Os Espíritos que transitam pelo planeta Terra são viajores de longo trajeto que trazem, na sua bagagem evolutiva, muitas experiências, mas ainda estão distanciados da meta final que é a perfeição. Por isso as provas e os sofrimentos ainda são necessários.
A morte também não rompe com os laços de afeto que construímos aqui. O ente querido, que partiu para a dimensão espiritual, continuará nos amando, tanto quanto nos amou aqui na Terra. Com uma vantagem, livre das ilusões terrenas e dos sentimentos menos nobres, se for um Espírito consciente da sua condição. E fará tudo o que estiver ao seu alcance, dentro das Leis que regem a vida, para nos ajudar.
É necessário lembrar que essa separação é apenas física e momentânea. Durante o sono muitas vezes, embora não lembremos disso, nos encontramos com eles, os consolamos e somos consolados. Terminada a experiência na vida física, todos retornarão ao mundo espiritual e lá estarão em contato com os que lhe são simpáticos e tenham afinidade moral.
Por isso, não há razão para o desespero, nem a revolta. Essa a pior atitude. O nosso desequilíbrio afetará o desencarnado que está tentando se adaptar na dimensão extra-física. Sanson1, Espírito, nos orienta que em vez de vos queixardes, regozijai-vos quando praz a Deus retirar deste vale de misérias um de seus filhos. Não será egoístico desejardes que ele aí continuasse para sofrer convosco? Ah! essa dor se concebe naquele que carece de fé e que vê na morte uma separação eterna.
Devemos orar por eles, buscar no trabalho que está ao nosso alcance a terapia benéfica que nos auxiliará a superar a dor da saudade. Os amigos Espirituais2 também esclarecem que as preces pelos Espíritos que acabam de deixar a Terra não objetivam, unicamente, dar-lhes um testemunho de simpatia: também têm por efeito auxiliar-lhes o desprendimento e, desse modo, abreviar-lhes a perturbação que sempre se segue à separação, tornando-lhes mais calmo o despertar. (...) As preces que deste se elevam ressoam em torno do Espírito, cujas ideias ainda estão confusas, como as vozes amigas que nos fazem despertar do sono.
Fazer por eles o bem que gostariam de ter feito é a melhor homenagem que podemos prestar aos que partiram.
Vivendo bem, com otimismo e alegria, aproveitando o tempo que nos resta nesta encarnação, para aprender, servir e amar vamos estar nos habilitando ao merecimento de ter na nossa partida a presença daqueles que nos foram caros, que nos sustentarão nesse trânsito e nos ajudarão nos primeiros passos da nova vida.
Cleto Brutes
1 e 2KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 112. ed. Rio [de Janeiro]:FEB, 1996. cap. V. Item 21. cap.XXVIII. item 59.

MINHAS CONSIDERAÇÕES
"Espírito, nos orienta que em vez de vos queixardes, regozijai-vos quando praz a Deus retirar deste vale de misérias um de seus filhos. Não será egoístico desejardes que ele aí continuasse para sofrer convosco? Ah! essa dor se concebe naquele que carece de fé e que vê na morte uma separação eterna."
Lendo esse parágrafo da sua mensagem acima, querida amiga Tanise, que inclusive
foi enviada por um Espírito de Escol, fico imaginando o quanto preciso aprender a 
aceitar a separação do ente querido !! Meu Deus, não é tão simples assim !!!
Dia de 28 de Maio passado, fez dois anos que meu filho partiu, e digo-lhe com toda 
minha alma: - Parece que foi ontem e a dor parece tb. que aumenta.
Quando oro, choro, não de revolta, mas de dor. Sei que não deveria ser assim,
afinal, já recebi duas cartas dele e de mamãe. Não é falta de Fé, meu amigo
Espíritual, é algo impossível de se expressar com palavras, dói... dói... dói..


Postagens

MINHAS OBRAS " ÓLEO SOBRE TELA"

MINHAS OBRAS " ÓLEO SOBRE TELA"
Será um grande prazer recebê-lo (a) em minha Cominidade

Postagens populares

AÇÃO E REAÇÃO - ÁUDIO BOOK - ANDRÉ LUIS

INSTITUTO ANDRÉ LUIIZ- SITE ESPÍRITA

INSTITUTO ANDRÉ LUIIZ- SITE ESPÍRITA
CLIQUE NA IMAGEM E VEJA

MEU BADGE DA REDE AMIGO ESPÍRITA

MEU BADGE DO ANJO DE LUZ

MY BADGE DE KARDEK ON LINE

MEU BADGE DA REDE PORTAL DOS ANJOS E ESTRELAS DO AVALON

AUDIOBOOKS - FREE

Blog Ebooks Grátis

TOPO DE PÁGINA

Pegue este efeito no Site Tony Gifs Javas

PLACA

GOOGLE TRADUTOR

OUÇA A RÁDIO BOA NOVA AO VIVO

OUÇA A RÁDIO BOA NOVA AO VIVO
CLIQUE NA IMAGEM

Atalho do Facebook

VEJA MEU OUTRO SITE, CLIQUE NA IMAGEM

VEJA MEU OUTRO SITE,  CLIQUE NA IMAGEM
NAS ASAS DA NOVA ERA

ÁUDIO BOOK - ROMANCES - DRAMATIZAÇÃO

"Nosso Lar" retrata as condições da vida além-túmulo, objetivando comprovar a eternidade do Espírito, o estreito relacionamento entre os dois planos da vida e a riqueza das atividades desenvolvidas nas esferas invisíveis ao olhar humano. Em 50 capítulos, analisa e esclarece assuntos como: alimentação no Plano Espiritual; culto familiar; lei de causa-e-efeito; música; remuneração de serviço; e zonas inferiores. Narra experiência pessoal, destacando o encontro com a própria consciência como a maior surpresa diante da morte carnal. Comprova ser a Terra oficina sagrada onde o homem deve aprender a elevar-se, aproveitando dignamente a oportunidade que o Senhor lhe concedeu. "Fonte da sinopse-www.cveed.org.br"
Minisérie Nosso Lar, uma adaptação para radionovela.
Produção LBV, direitos autorais FEB.
Capítulos
Narrativa de O Evangelho Segundo o Espiritismo.
O Evangelho Segundo o Espiritismo compõe-se de 28 capítulos, 27 dos quais dedicados à explicação das máximas de Jesus, sua concordância com o espiritismo e a sua aplicação às diversas situações da vida.
O último capítulo (não presente nesta versão em áudio) apresenta uma coletânea de preces espíritas sem entretanto constituir um formulário absoluto. Os ensinamentos que contém são adaptáveis a todas as pátrias, comunidades e raças. É o código de princípios morais do Universo, que restabelece o ensino do Evangelho de Jesus, no seu verdadeiro sentido, isto é, em Espírito e Verdade. Sua leitura (audição) e estudo são imprescindíveis aos espíritas e a todos que se preocupam com a formação moral das criaturas, independente de crença religiosa.
É fonte inesgotável de sugestões para a construção de um Mundo de Paz e Fraternidade.
A versão original desta obra (em áudio) é composta de onze Cds, cada CD contem várias faixas.
Para facilitar o acesso e reduzir o número de arquivos decidimos então agrupar todas elas em um único arquivo,totalizando apenas onze.
Capítulos
Que são dois milênios no relógio da Eternidade? A humildade do Espírito Emmanuel nos proporciona esta narrativa da existência carnal em que foi o orgulhoso senador romano Públio Lentulus e obteve designação para alto cargo na Palestina, na época em que Jesus transmitia à Humanidade Seus ensinamentos imortais. Nesse livro mediúnico, o leitor sentir-se-á participante da História do Cristianismo no século I, do cotidiano das arrogantes e preconceituosas famílias patrícias, em contraponto com a simplicidade fraterna dos primeiros seguidores de Jesus e do comovente encontro entre o Cristo de Deus e o altivo representante de César. Pontuada por sofrimento e alegria, fortuna, esplendor e miséria, arrogância, abuso de poder e escravidão, resignada ou revoltada, seqüestros, raptos, vinganças, ciúmes, ódios, calúnias, crueldade e benevolência, brandura e perdão, temos a história do Senador Públio Lentulus, de sua filha e de sua amorosa esposa Lívia, convertida aos sublimes ensinamentos do Mestre Jesus. As anotações íntimas e depoimentos do Autor - Emmanuel - testemunham a necessidade, também no plano invisível, de esforço, paciência e fé raciocinada para lutar, resgatando nossas faltas passadas, a caminho da redenção
Capítulos

Arquivo do blog

PROGRAMA TRANSIÇÃO

PROGRAMA TRANSIÇÃO

PROGRAMA TRANSIÇÃO

QUER ASSISTIR AO PROGRAMA TRANSIÇÃO, CLIQUE ABAIXO
O PRÓPRIO LINK TRAZ O TEMA ABORDADO, ALÉM DO PALESTRANTE